I need to get away

 Twisting and shouting: Lenny Kravitz – Fly away

Eu quero viajar. Tem pouco tempo que descobri que gosto disso, mas agora eu tenho uma vontade incontrolável de sair daqui. Sinto que tem tanta coisa acontecendo mundo afora, e eu estou perdendo tudo isso.

Tem várias coisas que prendem você em um lugar. Trabalho, namoro, amigos, família, compromissos, dinheiro. Todas essas coisas têm um certo caráter “escravizante” do indivíduo, porque uma vez que você as tem, fica difícil abrir mão. Mas atualmente, isso não parece tão difícil pra mim.

Eu imagino minha vida como viajante, e me parece que fico feliz assim. Viver de mudanças, trabalhando em empregos temporários, sem criar raízes num só lugar, sendo um cidadão do mundo; mas aproveitando a vida, e não deixando ela se aproveitar de mim. Eu nunca fiz nada no estilo, provavelmente muito do que eu imagino seja ilusório, mas ainda assim parece muito interessante. Mais interessante do que estabelecer minha vida num lugar só.

Por outro lado, fico pensando se isso não é só um jeito de escapar ao medo do fracasso. Porque é óbvio que eu fico pensando “Putz… e se eu não arrumar um emprego bom? E se eu não tiver dinheiro pra viver? E se eu for um fracasso?”. Então pode ser que, inconscientemente, viajar seja uma forma de escapar a tudo isso.

Só sei que eu quero sair um tempo. Conhecer outras pessoas, outros lugares, outras posturas diante da vida. Tudo isso me parece rico demais pra ser relevado em decorrência de um emprego ou de uma vida estável. Infelizmente (ou felizmente), só vou poder matar essa vontade daqui a dois anos, quando acabarem meus cursos. Esse tempo vai se bom pra avaliar direitinho essa vontade.

Se tudo der certo, tô indo embora logo!

P.S.: NOVIDADES!!! Agora aí na barra lateral tem a categoria “Path to heaven”. Nela, vou exibir orgulhoso todos os prêmios que eu já recebi! Os ícones não estão aparecendo e eu não sei porquê, mas assim que eu descobrir, eles aparecem rsrsr. E clicando neles, vai pra página que me deu o prêmio… Olha que gracinha, hehe.

Anúncios
  1. Cara…

    Cê disse tudo,

    Viajem lugares e pessoas novas, é o que há!!!

    mas é sempre bom a gente ter um “curinga” na manga, que é uma mãe para ligar ou uma namorada…

    nunca se sabe né???

    []’s cara

  2. eu tbm quero viajar mas acho que esse ano não vou mais não…

  3. Estou quase com trinta anos e vivendo a depressão do “o que eu vou ser quando crescer?”. É de lascar. Eu fico tão isolado que acabo me distanciando até de quem gosto – minha primeira-dama que o diga. Isso me deixa ainda mais deprê. Que saco, né? Vivemos com tantas cobranças e as pessoas que mais dão colo acabam pagando o pato. Isso tem só um pouco a ver com o seu texto, mas, sei lá, eu queria escrever isso. Serviu de gancho e eu agradeço.

    Ah, parabéns pelas premiações. Teu blog é de fino trato.

  4. Ah, viajar… faz tanto tempo que não saio de São Paulo que meu pulmão irá até estranhar.

    Mas para falar bem a verdade, a não ser que seja uma viagem para longe, tipo Nordeste ou outro país, adoooooro São Paulo vazia em feriados.. xD


  5. Nem que seja para acampar e carregando uma barraca nas costas.
    Meu amor…nada nesse mundo pode exprimir o que é conhecer novos lugares, cores e seus sabores – tudo isso só ao chegar em um novo lugar e olhar nos olhos de gente diferente. Amo viajar e já estou sentindo falta da infinita highway.

    Beijos

  6. eu adoro viajar.
    nem precisa ser pra longe, pode ser pr’ali do lado mesmo…
    o que me falta é $$$…

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: